segunda-feira, março 16, 2009

Farsas




Será previsível a queda da sociedade


O desmoronar de todos os ideais


Deixaremos de ser racionais


Na verdade o tempo corre-nos entre os dedos


E com ele vem as mudanças


Tornamos-nos em algo diferente...


Mas será justo perdermos os nossos ideais,


Para agradar ao mundo?


Será correcto continuarmos com a face de uma pessoa que já não somos?


E representar para o resto da vida? É viver?


Perdermos a compaixão e a noção da realidade


Deixaremos de dar para receber abusivamente


Perderemos a pena e ganhamos a frieza


Deixaremos de ser almas nobre com piedade


O mal dos outros será o nosso governo


As pessoas mudam! Mas porque tanto?


Tudo o que aprendemos sobre amizade torna-se ilusão


Deixamos de acreditar e nada mais é do que farsa


É triste é vida é mesmo assim


O tempo passa


O tempo marca


O tempo muda-nos


Com o tempo deixamos de ser quem somos!


Eu parei no tempo...Eu sou quem sou!